sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Conteúdo retirado do Blog Evangélico.

Masturbação - considerações morais, bíblicas e refletivas.

image from google
Creio que quase todo jovem cristão já enfrentou ou enfrenta problemas nessa área. Por isso creio poder me familiarizar com muitos jovens (e também adultos) que lerão este artigo. Quero tratar da questão em quatro fases: (i) definição da masturbação, (ii) considerações morais, (iii) considerações bíblicas e (iv) reflexões especiais.

DEFINIÇÃO DE MASTURBAÇÃO

O termo masturbação é usado aqui num sentido mais restritivo, para se referir a estimulações eróticas conscientes e de livre agência, com sentido erótico-genital, que podem ser praticadas solitariamente ou mutuamente, no último caso distinguindo-se da relação sexual em especial pela inexistência de penetração. Nessa definição exclui-se: (i) “masturbações” sem sentido erótico-genital na primeira e segunda infância, (ii) sonambulismo sexual; (iii) sonho erótico (iv) polução noturna e (v) excitação sexual não estimulada.

CONSIDERAÇÕES MORAIS

A masturbação assim definida possui diversos problemas éticos, sendo, portanto uma prática objetivamente imoral. Se olharmos do ponto de vista ético, perceberemos que a masturbação é um desvio do ideal da sexualidade. O orgasmo seria algo como um "pedacinho do céu", do gozo eterno da união mística entre Cristo e a Igreja. Sexo é o símbolo da "união agápica-erótica" entre os cônjuges. Por isso, onde há sexualidade em seu sentido genital deve haver o eros matrimonial, a conexão mística com "o outro", em que a diferença de gênero sinaliza a alteridade, e a marca da conjugabilidade aduz à intimidade. Na masturbação, a alteridade é quebrada, o prazer é destinado a satisfazer a "si mesmo", e não a compartilhar-se com a pessoa amada. Nela resta a estimulação narcísica e egoica do autoerotismo. Quando a prática envolve fantasias sexuais com uma pessoa, está incluso o problema da objetificação do corpo do outro e do desrespeito envolvido na atitude imoral de tomar sem autorização a imagem de uma pessoa como um estímulo para satisfazer seus próprios desejos.

CONSIDERAÇÕES BÍBLICAS

Existe um erro grave quando se argumenta a favor da masturbação com base no silêncio das Escrituras em torno do assunto. Quando a Bíblia não menciona explicitamente uma prática, isso não significa que as Escrituras a autorize. Em casos assim, o que se deve examinar é o conjunto global principiológico da Palavra de Deus e a relação da prática com esse contexto principiológico geral. A Bíblia apresenta muitos princípios importantes, em geral feridos pela prática masturbatória, tais como (i) a pureza moral da mente e dos pensamentos (Filipenses 4.8); (ii) a mortificação de apetites sexuais impuros (Colossenses 3.5); (iii) a evitação de desejos passionais errados característicos da juventude; (iii) a castidade no olhar (Jó 31.1; Mateus 5.28), (iv) o domínio próprio e o controle sobre os desejos da carne (Gálatas 5.22-23; Tito 3.3). 

Precisamos ser sinceros em reconhecer que a masturbação fere os princípios de castidade das Escrituras, por mais que nossa mente depravada busque sempre escusas para recusar a verdade. Quando observamos o Ensino do Cristo percebemos que ele pregava uma moral que excede o mero legalismo dos religiosos da sua época. Em Cristo, como percebemos a partir de uma leitura de Mateus 5.21-37, as intenções e desejos do coração tem um grande valor para Deus, de modo que não só a prática é pecaminosa, mas também a estimulação de pensamentos e desejos imorais ferem o padrão de Deus. Sendo que a fé cristã, considera o sexo antes do casamento pecado, do mesmo modo a estimulação de pensamentos e desejos nesse sentido deve ser evitada, de modo que o Cristianismo considera a prática masturbatória como pecado.

REFLEXÕES ESPECIAIS

A trama significativa do estruturalismo anímico do recalque, a naturalização do reducionismo afetivo e a degradação dos princípios éticos-morais constroem um pensamento que coloca o sujeito casto dentro de um campo de significações e categorizações que lhe roubam a subjetividade. Para o pensamento mundano, aquele que se abstêm de prazeres sexuais por princípios morais, é alguém que baniu sua subjetividade pelo recalcamento das afetações prazerosas. A Revolução Afetiva elevou de tal forma o sentimento, que o colocou como o resumo da construção identitária, e deslocou o próprio ser do campo da existência para o mundo dos afetos. Nega-se aos 'abstêmicos' a própria felicidade, como se o gozo sexual fosse a arkhé daeudaimonia. Não só são excluídos dos afetos positivos, como também são aos abstêmicos atribuídos os sentimentos patológicos de angústias advindos da repressão neurótica. 

O que se põe é - não pode haver felicidade plena sem uma sexualidade livre, e aqueles que não seguem essa regra, são os que a dominação social infundiu-lhes a ojeriza pelo sexo - são os reprimidos, alienados da subjetividade. Mas será mesmo assim? Não pode a busca do desenvolvimento do autodomínio e da continência significar uma vivência subjetiva legítima de contactar a própria sexualidade? Não há porquê ver no exercício vivencial da continência um necessário recalcamento da sexualidade ao mundo do Inconsciente, ao contrário, controlar os próprios desejos sexuais e direcionar a própria libido é uma atitude da consciência em contato com a própria sexualidade. Ou mesmo se falarmos do recalque, não seria a sublimação e o direcionamento da libido sexual para atividades de "latência" de práticas excelsas uma atitude louvável? Ainda, não estaria o verdadeiro sentido da dignidade humana na possibilidade de transcendência sobre os domínios instituais? E não fazem parte de uma profunda vivência subjetiva os próprios conflitos, dificuldades e angústias que podem daí emergir? 

A luta contra a masturbação ajudará um jovem (ou mesmo adulto) cristão a conhecer melhor sua própria sexualidade. Por isso os que lutam contra esse pecado devem observar qual é maneira que seu corpo, uma parte do si mesmo, lida com a sexualidade. Avalie quais são os padrões de comportamento, os tipos de estímulos, ambientes que costumam te levar a se masturbar. Observe também qual a forma que você costuma se masturbar, bem como as fantasias sexuais ligadas ou não ao ato. Conhecer todos esses aspectos na luta contra a masturbação, lhe ajudará a desenvolver não só melhores meios de cultivar autodomínio como também o levará a vivenciar de perto seus conflitos éticos-morais e a conhecer sua própria sexualidade. Se esforce em desenvolver autodomínio, e em evitar certos padrões de comportamento e ambientes sexualmente estimulantes. Conheça a si mesmo, vivencie seus conflitos morais e desenvolva autodomínio. Saber controlar e administrar seus próprios desejos sexuais é uma manifestação da dignidade humana, enquanto imagem do Criador.

Lidar com o sentimento de culpa nesse processo pode também ser difícil. Mas a culpa também é, na medida certa, positiva, para a vivência subjetiva de nossos conflitos ético-morais, mas em exagero é um mal. Por isso não se esqueça das inspiradas palavras do apóstolo do amor: “Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo.” (1 João 2:1,2) e ainda: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:9).

CRÉDITOS: http://bereianos.blogspot.com.br/2016/04/masturbacao-consideracoes-morais.html

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Em Deus encontramos a verdadeira felicidade!

  Por Ronald Maia Estiliano.
  Abandonado ou Seguro?
   Meus pais estão fora o tempo todo, vivo praticamente por minha conta;
   Meus pais são divorciados, não posso suportar meu/minha padrasto/madrasta;
   Eles não se importam comigo, nunca estão por perto. Sinto-me tão só;
   Odeio quando meus pais discutem;
   Não posso contar com ninguém;
   Você se identificou com algumas dessas situações? 
   Ninguém gosta de estar sozinho, e se sentir abandonado.  Talvez seus pais não estão por perto quando você mais precisa e isso  te entristece muito. Mas quero chamar sua atenção para você persistir e buscar reverter essa situação em Deus, pois Ele tem a solução para todos os seus problemas. 
   Esse mesmo Deus te ama e está sempre perto de você! Busque refúgio Nele e estarás seguro.
   Agora vou contar uma parabóla do Filho perdido para você.

Lucas 15.11-24:

11. Jesus também contou-lhes outra parábola: Certo homem tinha dois filhos. 12. O mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me toca. Repartiu-lhes, pois, os seus haveres. 13. Poucos dias depois, o filho mais moço ajuntando tudo, partiu para um país distante, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente. 14. E, havendo ele dissipado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a passar necessidades. 15. Então foi encontrar-se a um dos cidadãos daquele país, o qual o mandou para os seus campos a apascentar porcos. 16. E desejava encher o estômago com as alfarrobas que os porcos comiam; e ninguém lhe dava nada. 17. Caindo, porém, em si, disse: Quantos empregados de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome! 18. Levantar-me-ei, irei ter com meu pai e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; 19. já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados. 20. Levantou-se, pois, e foi para seu pai. Estando ele ainda longe, seu pai o viu, encheu-se de compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. 21. Disse-lhe o filho: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. 22. Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, e vesti-lha, e ponde-lhe um anel no dedo e alparcas nos pés; 23. trazei também o bezerro, cevado e matai-o; comamos, e regozijemo-nos, 24. porque este meu filho estava morto, e reviveu; tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a regozijar-se. 
    Nessa parábola o abandonado é o pai, talvez você esteja se portando igual ao filho pródigo, achando que sabe tudo e acaba tomando atitudes erradas.
   Podemos aprender muito com essa parábola:
1- Devemos dar mais valor a Deus e a nossos pais;
2- Deus e nossa família são mais valiosos que qualquer riqueza e curtição;
3-  Muitas vezes temos tudo de bom na nossa frente, mas não enxergarmos;
4-  Nem todos que estão a nossa volta são amigos de verdade, pois a qualquer momento  que você tiver no fundo do poço muitos vão se distanciar de você;
5- A segurança que nós necessitamos só encontraremos em Deus;
6- Busque o auxílio e a direção de Deus para tudo que você planeja e deseja, pois somente Ele tem a capacidade de dirigir nossas vidas. Melhor uma vida maravilhosa com Deus na direção, do que uma vida cheia de consequência por ter passado na frente de Deus;
7- Nem tudo que o mundo nos oferece é bom, devemos tomar cuidado para não sermos enganados;
8-  Assim como esse pai continuou amando seu Filho e ansiava pela  sua volta, Deus também te ama e está de braços abertos para te receber. Tome uma atitude e volte pra casa, volte pra Deus;
9- Se sua vida está parecida com a do filho pródigo e você está preso as drogas, a criminalidade, a prostituição, eu quero te dizer que ainda há tempo para sua vida ser consertada, venha logo, Deus te espera. O melhor caminho é Jesus!
10- Você tem valor pra Deus, você é raridade!
 Se você se sente sozinho, saiba que Deus é a melhor companhia, e Ele quer estar perto de você. Mas é necessário que você abra o seu coração pra Ele fazer morada.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

12 razões para esperar até o casamento

Além de ser um ato de obediência é também uma escolha.

Marcos Botelho 

Para quem está habituado aos apelos sexistas do nosso tempo, é difícil compreender as razões porque esperamos pelo casamento. Não é algo que faça parte da realidade vivida pelos jovens de hoje. Quando falamos sobre esta decisão com nossos colegas de classe ou de trabalho, a reação é no mínimo de estranheza. 

Porém entendo que esperar, além de ser um ato de obediência é também uma escolha. Aparentemente pode não parecer muito confortável, entretanto as conseqüências são eternas. 

Pensando nisso, seguem 12 simples razões para o motivo de espera.

01. Porque eu quero, e quero muito.

Quem disse que é fácil passar pelas tentações? Porém tenho plena consciência das minhas escolhas e faço vivência delas, assim como de suas consequências. Por isso EU QUERO e escolho esperar até o casamento. 
“Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz… (2Tm 2:22) 

02. Para deixar de ser o centro da própria vida

Deixar Deus dominar minha vida, como o dono de tudo que tenho e sou. “Também o coração dos homens está cheio de maldade, nele há desvarios enquanto vivem.” (Eclesiastes 9:3) 

03. Não desonrar a Deus

Imagino o profundo arrependimento de saber que desonrei meu Deus e a outra pessoa… sabendo que cedi à tentação da carne e que banalizei uma coisa tão perfeita que Deus fez pra mim. Tomo as palavras de José ao ser tentado: “Como poderia eu cometer uma tamanha maldade e pecar contra Deus?” 

04. Ser e fazer a diferença nesta sociedade que prega sexo como profano e momentâneo.

Fazemos parte de uma geração descomprometida. Tornou-se comum obter benefícios de forma imediata e desprezar as responsabilidades. Porém a orientação bíblica é que “…vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo. “ (FL. 2:15) 

05. Para oferecer ao meu esposo (a) uma das maiores demonstrações de amor

Viver a imensa alegria do sexo e poder dividir isso com quem vou passar o resto da minha vida.
A Bíblia não fala em tornar-se UM a toa. “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.” (Gn 2:24) Tem coisa melhor do que ser UMA SÓ CARNE com a pessoa que você passará o resto dos seus dias? “O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro…” Hb. 13.4 

06. Para rever suas prioridades

A prioridade é estudar, viajar? Se minha prioridade não é casar, porque ter uma vida marital com meu namorado? “Para tudo há uma ocasião certa. Há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu.” Ec. 3.1 

07. Para tomar mais cuidado comigo mesmo

Gasta-se milhões em conscientização das doenças sexualmente transmissíveis e incentivando o uso da camisinha. Ao mesmo tempo, cresce o número de jovens infectados com DSTs ou enfrentando uma gravidez inesperada. Portanto, o melhor método de prevenção é a ausência do sexo. Isso é lógico! Se eu não tenho relações com pessoas diversas, não corro o risco de pegar doença sexualmente transmissível. Esperar ainda é o melhor método! “A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus. O Senhor Deus castigará todas essas práticas. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.” I Ts 4.3-5;7 

08. Filhos no tempo certo

Ter filhos no século XXI não é fácil, ainda mais um filho fora do casamento, onde estarei despreparada, trancar a faculdade, sair do emprego, etc. 

09. Para respeitar e obedecer meus pais

Não me sentiria confortável contando que fui no motel com meu namorado diante do meu pai. Não me sentiria à vontade sabendo que meus pais estão preocupados que eu possa engravidar ou pegar uma doença.Dentro do casamento as coisas mudam. 

10. Para aprender que as coisas são como são, nem tudo é perfeito. E tudo bem!

As meninas foram criadas com a promessa que o príncipe encantado chegaria com o cavalo branco resgatando das aflições existentes. Bem, sabemos que a realidade é bem diferente. Enfrentar a realidade como é, sem buscar satisfação de uma ausência de carinho em vários relacionamentos, além de sábio, é prudente.

11. Para passar pela experiência da Lua-de-mel

Lua de mel deixou de ser “o grande momento” da vida do casal, passou ser um tempo de viajem e não de descoberta no mundo moderno. Eu optando por ESPERAR, a lua de mel torna a ter o verdadeiro sentido, a emoção e a descoberta. Eu quero muito isso!

12. Para testemunhar

Viver Jesus no dia de hoje é fundamental para uma vida cristã saudável pautada na Bíblia. Ter um casamento abençoado testemunhando a santidade durante o namoro para os filhos é o verdadeiro exemplo vivido. 

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Rejeição/Aceitação

   Por Ronald Maia Estiliano.
 
 Na postagem anterior falamos a respeito da solidão, um sentimento que tem destruído pessoas que estão precisando de amor e amigos por perto.
   Hoje falaremos um pouco sobre rejeição e aceitação.

   "Apenas quero alguém que me entenda e aceite como eu sou, sem me menosprezar todo o tempo. Às vezes você não pode mesmo confiar em seus próprios amigos".
   Posso ser eu mesmo e ainda ser amado?

    Você não é o(a) unico(a) pessoa a passar por isso, não se culpe por ser verdadeiro. Ontem aprendemos que Deus nos ama e Ele é nosso melhor amigo, se aproxime Dele!
    Na hora certa o Senhor enviará pessoas que irão aceitar e amar você de verdade.


    A  Mulher em Adultério


   Então cada um foi para a sua casa. Jesus, porém, foi o monte das Oliveiras. Ao amanhecer Ele apareceu novamente no templo, onde todo o povo se reuniu ao seu redor, e Ele se acentou para ensiná-los. Os mestres da lei e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher surpreendida em Adultério. Fizeram-na ficar em pé diante de todos e disseram a Jesus: "Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de Adultério. Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres. É o Senhor, que diz?" Eles estavam usando essa pergunta como armadilha, afim de terem uma base para acusá-lo. Mas Jesus inclinou-se e começou a escrever no chão com o dedo.
   Visto que continuavam a interrogá-lo, Ele se levantou e lhes disse: "Se algum de vocês estiver sem PECADO, seja o primeiro a atirar pedra nela". Inclinou-se novamente e continuou escrevendo no chão.
   Os que o ouviram foram saindo, um de cada vez, começando pelos mais velhos. Jesus ficou só, com a mulher em pé diante Dele. Então Jesus pôs-se em pé e perguntou-lhe: "Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?" "Ninguém, Senhor", disse ela.
   Declarou Jesus: " Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado." (João 8.1-11)

     O tempo todo nós fazemos avaliações das pessoas, as vezes julgamos sem conhecê-las, e isso é errado, pois não somos melhores que ninguém e todos nós falhamos.
    Talvez sua vida esteja parecida  com a daquela mulher que estava vivendo em pecado e estava sofrendo, sendo julgada por pessoas que se achavam melhores que ela. Mas Jesus teve uma reação diferente, enquanto eles a julgavam, ele mostrou que independente do que ela estava fazendo, Ele a amava. 
     Os pecados daquela mulher foram perdoados e Jesus apenas exigiu que ela abandonasse aquela vida.  Siga esse exemplo e permita que Jesus Cristo te transforme!
   
 Para você refletir e tomar uma atitude! 
√ Reconheça quando estiver errado(a);
√ Avalie sua vida  e reflita se você está agradando a Deus, se não procure o mais rápido possível melhorar, Jesus é o único que pode transformar sua vida;
√ Não somos melhores que ninguém e todos nós somos pecadores;
√ Devemos amar uns aos outros;
√ Existem pessoas que se preocupam conosco de verdade e querem o melhor para nós;
√ Devemos ser obedientes a Deus, e viver uma vida que agrade a Ele;
√  Aproxime-se de Deus;
√ Somos livres para fazermos escolhas, mas não podemos nos esquecer que as consequências virão;
√  Uma vida fora dos princípios bíblicos não agrada a Deus, e tudo que Ele não aprova é pecado;
√ O pecado nos afasta de Deus;
√ Deus nos ama, Ele só não ama o que fazemos de errada;
√ Não siga conselhos errados e muito menos experimente entrar em paradas  erradas;
√ Aproveite seus erros para corrigir seus caminhos;
√ Busque a Deus de todo o seu coração;
√  Sempre conceda novas chances a você e para os outros;
√ A Bíblia tem ótimos conselhos para ajudar no percurso de sua vida;
√ Aceite com carinho a disciplina de pessoas que te amam(seus pais, família e amigos).
√ Nossas palavras devem ser positivas, edificando a vida daqueles aos quais nos dirigimos;
√ Busque a direção e orientação de Deus para cuidar das pessoas;
√ Tenha muito cuidado com as más companhias(a Bíblia diz que há amigos que levam à ruína Provérbios 18. 24a);
√ Além da amizade que fazemos com aqueles que nos cercam, a Bíblia nos certifica que existe uma amizade muito mais valiosa, que é aquela que firmamos com Deus. "Quando nos tornamos amigos de Deus, uma grande transformação acontece em nossas vidas".
√ Tornar-se amigo de Deus não é complicado.

 Para guardar no seu CORAÇÃO:
"Não seja sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal"(Provérbios 3.7).

"Disse eu da minha parte: Senhor, compadece-te de mim, sara a minha alma, pois pequei contra ti"(Salmo 41.4).

"Não vos enganeis. As más corrompem os bons costumes"(1 Coríntios 15.33).

"O homem que tem muitos amigos, tem-nos para a sua ruína; mas há um amigo que é mais chegado do que um irmão"(Provérbios 18.24).
"Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento"(Provérbios 3.5).



     
  
  

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Você nunca está sozinho!

       Me sinto só!

  Não entendo porque as vezes faço coisas que afastam e tiram o interesse das pessoas.
 Gostaria realmente que alguém gostasse de mim. Alguém me ama pelo que sou?
 Algumas vezes me sinto como um ninguém, todos tem tanto equilíbrio... Sinceramente não me adapto.
 O que você faz quando ninguém gosta de você?
 Gostaria que alguém quisesse estar comigo.
 Alguém me ama?

  Talvez você esteje se sentindo só, sem amigos, sem ninguém para conversar. É você não entende porque está passando por isso, se senti culpado por não ter ninguém por perto.
   Pare de se achar culpado por eles ti rejeitarem, se seus amigos acabam isolando você, é porque não estão dando o verdadeiro  valor pra você, procure fazer novas amizades.
  Eu já passei por isso, por ser Cristão e viver uma vida fundamentada na Palavra de Deus, muitos amigos e colegas se afastaram de mim. Me excluíam de tudo e o tempo todo me zoavam. Mesmo assim me humilhava e sempre procurava está perto deles, eu ficava muito triste por viver isolado, e sempre me culpava.
  Mas um dia minha mãe abriu meus olhos e eu pude observar que Deus me amava de verdade e que existiam pessoas que gostavam de mim da forma que eu era.
   Independente das pessoas ti amarem ou não, existe um Deus verdadeiro que ama você a ponto de entregar seu Filho Unigênito para morrer por você e ti salvar!

 Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que Nele crê não pereça, mas tenha a Vida Eterna.(João 3.16)

 Respostas Falsas: seus amigos amam você; fazer sexo com você fica vai assegurar o amor.

 Resposta verdadeira: Jesus sempre ama você incondicionalmente!

  Praticando o amor

   Jesus disse a seus discípulos:
   "Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor. Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido os mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço. Tenho lhes dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a de vocês seja completa. O meu mandamento é este: Amem-se uns aos outros como eu os amei.
   Ninguém tem maior do que aquele que dá a sua vida pelos  seus amigos. Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno. Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo que ouvi de meu Pai eu lhes tornei conhecido. Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça, afim de que o Pai lhes conceda o que pedirem em meu nome. Este é o mandamento: AME-SE UNS AOS OUTROS."

terça-feira, 13 de setembro de 2016

  A vida realmente é chata?
   Respostas Falsas: Quem termina com mais é o que ganha.
    Resposta verdadeira: Deus tem uma vida plena planejada para você!


  Todos nós passamos por problemas, dificuldades e provações constantemente em nossas vidas. Talvez nesse momento você está com um problema muito grande e você acha que a vida é chata e a solução é desistir, abrir mão de tudo. Mas hoje eu venho ti dizer que existe um Deus grandioso, maior do que os seus problemas, e Ele vai ajudar você a dar a volta por cima e quer ti oferecer uma Vida Plena. Mas é necessário que você tome uma atitude é se a chegue a Ele através do seu Filho Jesus Cristo, que é o verdadeiro Caminho que nos leva a Deus.
   Nunca se esqueça disso: Deus é o nosso refúgio, a nossa Salvação; uma vida cheia de aborrecimentos se tornará em Bençãos sem medidas!

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Preocupação/Esperança

        Preocupação:
      O que necessito?
Futuro? Alguém me ama?  Menosprezo, Aborrecimento, Solidão, Rejeição, Abandono, Pressão dos Amigos, Inútil, Insuficiência, A vida é chata, Deixe me ser! Divórcio, Tento agradar s todos... Gangues... Assassinatos... Crimes... Drogas... Ninguém gosta de mim... Sinceramente não me adapto... Como posso saber o que devo fazer? Não sou suficiente bom...Que posso fazer?
  Dos itens acima você se identificou com algum?  Não se preocupe! Nesse momento eu trago esperança para vc!

            FUTURO

  (Pessoa preocupada)
 Não sei o que meu futuro parec tão deprimente. Tudo se fala sobre economia, emprego, custo com a escola, saúde, AIDS. Me pergunto se tudo vai dar certo?

 (Pessoa esperançosa)
 Preciso saber meu futuro parece brilhante para obter melhor educação e um bom emprego.

       Economia:
*Respostas falsas: Não se preocupe, não há nada que você possa fazer.

*Respostas verdadeiras: Qualquer um pode ter um grande futuro!

Preocupação/Esperança

 As Preocupações da Vida:

   "Não se preocupe com suas próprias vidas, quanto ao que comem ou beber; nem com seus próprios corpos, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante do que a comida, e o corpo mais importante do que a roupa? Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo o Pai celestial as alimenta. Vocês não têm muito mais valor do que elas? Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida? Por que vocês se preocupam com roupas? 
    Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles. Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no fogo, não vestirá muito mais a vocês, homens de pequena Fé? Portanto, não se preocupe, dizendo: 'Que vamos comer?' ou 'que vamos beber?' ou 'que vamos vestir?' Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês, precisam delas. Busque, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas lhe serão acrescentadas. Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo.
   Basta a cada dia o seu próprio mal".

   Eu não sei o que você tá passando, o que tá deixando vc preocupado, mas independente dos seus problemas, existe o nosso Deus que é muito maior do que eles!
   Aos invés de vc ficar triste e angustiado, busque primeiramente a Deus de todo o seu coração, descanse Nele. Pois  Ele vai ti ajudar! Não deixe a preocupação destruir os seus sonhos, e nem permita que a sua esperança morra.

domingo, 11 de setembro de 2016

Felicidade de viver.

    Por Ronald Maia Estiliano.
    
 Querido Jovem, sua vida é feliz ou tem momentos felizes? Sempre somos surpreendidos com coisas que nos entristece, mas "...Deus permite que haja períodos de angústias e temores como propricia épocas de alegrias"- Dietrich Bonhoeffer.

 Lembre-se que a felicidade está em buscar ao Senhor e seguir seus ensinamentos, por isso dê mais valor a Palavra de Deus!
   Em Provérbios 3.24, vemos que:"Quando te deitares, não temerás; sim, tu te deitarás e o teu sono será suave". Isto significa que quem vive uma vida baseada nos preceitos do Senhor não terá medo do que pode acontecer.
 "Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento" (Provérbios 3.13).
   O principal objetivo do livro de Provérbios é indicar o melhor caminho, claramente visível aos olhos do ser humano que estão atentos aos conselhos de Deus. 
    E quando somos obedientes a esses conselhos, seremos felizes, com uma vida longa e bem sucedida. Mas quem não valoriza os ensinamentos do Senhor e não os pratica, se tornam desobedientes, trazendo derrotas e tristezas para sua vida. 
    A escolha mais importante que traz a verdadeira felicidade.
    As duas estradas
 "Entrai pela porta estreita(larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os caminhos que entram por ela), porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela. (Mateus 7.13-14).
    Essa palavra chama nossa atenção para escolhermos o caminho certo. E o verdadeiro caminho é Jesus, somente Ele  nos leva até Deus e nos garante a Salvação.  
  Infelizmente muitos tem escolhido o caminho mais fácil, que oferece uma alegria passageira, com uma vida cheia de ilusões,  isso é única coisa que Satanás tem para oferecer.
  Talvez você prefira ir pra balada, beber muita cerveja, curtir bastante a vida achando que isso é melhor que está com Cristo, mas você está completamente enganado.
   Tudo isso vai acabar quando Jesus voltar para buscar quem pertence a Ele, e quem o rejeitou vai padecer eternamente no inferno.
   Aproveite, ainda há tempo de você fazer a escolha certa, basta reconhecer Cristo como seu Salvador e aceitá-lo em seu coração. Com Ele sabemos para onde vamos e também encontramos a verdadeira felicidade. 
  Não deixe passar as oportunidades, pois a qualquer você pode morrer ou Cristo pode voltar e se não tiver feito a escolha certa, vai sofrer para sempre.
   Nunca se esqueça:
 Que Deus te ama e quer te salvar, mas está nas suas mãos a decisão de escolher o caminho que deseja seguir.
"felizes os que ouvem a palavra de Deus, e a observam" (Lucas 11.27).
 "O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância" (João 10:10).
 "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim"(João 14:6).

sábado, 10 de setembro de 2016

Ser obediente a nossos pais, agrada a Deus!

    Por Ronald Maia Estiliano.

   Querido jovem, Deus não tem prazer quando um servo seu é desobediente, muito menos quando sofre as consequências dessa desobediência. O que o Senhor mais deseja é que todo jovem respeite seus pais e busque Nele a sabedoria para ter uma vida  que o agrade.
   Como você tem obedecido as orientações que seus pais lhe dão? Se você tem sido desobediente a seus pais, peça perdão a Deus, a seus pais e busque a orientação no Senhor, principalmente por meio dos ensinamentos bíblicos.
   O livro de Provérbios traz várias orientações a respeito da obediência  e respeito aos pais. Um dos muitos versículos que dá ênfase a esse assunto é o: "Filho meu, ouve a.  instrução de teu pai, e não deixes o ensino de tua mãe" (Provérbios 1.8).
    "As vezes não damos ouvidos aos conselhos de nossos pais achando que eles estão ultrapados quando falam algo, mas nós estamos errados".
ESTEJA SEMPRE DEBAIXO DAS ORIENTAÇÕES DE SEUS PAIS.
 Há uma tendência e prática no meio da juventude de pensar que já são livres em suas ações e que os pais não devem se intrometer. A obediência às determinações dos nossos pais com certeza é o fundamento básico para a bênção enquanto estamos juntos a eles, e obedecendo-os, com certeza, estaremos sendo preparados para que no futuro saibamos administrar nossa própria família.  O quinto mandamento, e o único com promessa, deixa bem claro: "Honra teu pai e tua mãe, como o Senhor, teu Deus, te ordenou, para que se prolongue os teus dias e para que te vá bem na terra que o Senhor, teu Deus, te dá" (Deuteronômio 5.16).
  Nossos pais querem o melhor para nós, e a interferência deles é, sem dúvida nenhuma, saudável e necessária para as devidas correções do rumo de nossas vidas. Vamos Levar a sério as suas orientações, observações e conselhos.
√Siga sempre os horários que eles estabelecem.
√Conviva com amizades reconhecidas pela sua família.
√As bençãos de seus pais seguirão nas gerações futuras.
 Infelizmente existem muitos pais que deixam a desejar no que diz respeito à formação de caráter de seus filhos, porém mesmo assim a atitude para com eles deve ser de respeito, de amor. Você Jovem que se encontra nessa situação, busque a Deus e na Sua Palavra as orientações certas, para que o seu futuro não fique comprometido e você faça a vontade de Deus!

   Vamos respeitar e valorizar o que eles nos falam para mais tarde não sofrermos as consequências dos nossos atos.